Tuesday, May 12, 2009

Projetos


Joana queria ser o que seu pai sempre sonhou: professora do Instituto de Educação,seria como realizar-se através do sonho do pai.Uma forma de agradá-lo.Estudou por vários anos para conseguir a almejada profissão.Mas a vida fez umas armadilhas para aquela quase menina,que virou sem saber ,mulher e sem querer,mãe.E tudo ficou guardado entre papéis ,fraldas,escritos e outras caixas que nunca eram remexidas,ela também depositou seus ideais,esperando por um tempo mais propício para executá-los.Queria ser psicóloga,decoradora e escritora.Por vezes até duvidava se esse tempo chegaria.
Então a mesma roda da vida girou uma vez mais,e ela se viu sozinha com o filho,sem condições,sem esperanças,mas com muita coragem.E essa mesma coragem ela utilizou para conquistar um espaço,mudar de profissão,tentar alternativas outras,que a fez avançar financeiramente,mas a limitou na sua área de conhecimentos,porque a então mulher,já quase madura,parou no tempo,investiu muito pouco em si mesma.Cuidou de melhorar as condições do filho,que um dia falou para ela,que ela não chegaria a lugar nenhum,e que hoje nem a procura mais.Passou o dia das mães como se fosse um estranho no mesmo ambiente que ela.E ela tratou de retornar para casa chorando,com uma sensação de nada ter feito,e hoje viver por viver: sem projetos.

2 comments:

Manoel Carlos said...

Triste.
Se não cuidamos de nós, como podemos cuidar dos outros? Se cuidamos de nós, antes de cuidarmos dos outros, somos auto-referentes e egoístas?
Manoel Carlos

Liz / Falando de tudo! said...

um retrato de tantas de nos... triste.
mostra que deixar sonhos pra simplesmente viver a vida como ela se mostra, poder ser cruel!