Saturday, October 01, 2011

Mãos na janela







Suas mãos se encontraram do lado de fora da janela.Os olhares se uniram também.Mas seus destinos estavam separados por anos e anos de diferença.O tempo inimigo ativo e amigo fiel contagia e não consegue perdoar.Mesmo que quisessem ser perdoados.O pecado os rodeou por muitas noites .De algum canto do céu na vastidão de uma noite estrelada:Deus os libertou.

5 comments:

Fernando Santos (Chana) said...

Espectacular....
Cumprimentos

Camille said...

Lindo. Bom essa sensação de Deus libertar. É quando a gente mesma diz: passou...
Obrigada pelos elogios, volte sempre e sempre. Bem-vindissima. Ainda mais alguem tao sensivel e que escreve bem.
Bjao

Camille said...

corrigindo: boa essa sensa....

Lia Noronha said...

Camille: obrigada pelo carinho..vou visitá-la..sempre.abraçosss

Lia Noronha said...

E vc querido Chana...adoro visitar o seu espaço.Obrigada pelo carinho da visita apor aqui.abraço carinhoso